Have at you!

Sejam bem-vindos novamente ao maravilhoso mundo do RPG e dos jogos de mesa, nessa segunda coluna pretendo abordar os outros tipos de jogos que serão vistos por aqui. E, como parece que aconteceram alguns mal entendidos quanto ao nome da coluna, vamos as explicações.

A RPG 101 tem por objetivo falar de RPG e jogos de mesa, e nem tudo o que for falado aqui é necessariamente RPG, pode ser um War Game, um Miniature Game, etc. Enfim, qualquer um dos tipos de jogos abordados nessas duas primeiras colunas pode voltar a ser abordado em outra.

E você deve estar se perguntando: “Se não é só RPG, por que esse nome?” Simples, o foco principal da coluna é o RPG, não só artigos para mestres e jogadores veteranos como para os iniciantes (esta aí, o motivo do 101) e por que não, para os leigos também, quanto mais gente nesse hobby melhor, afinal é impossivel jogar RPG sozinho.

Board Game ou Jogos de tabuleiro: São a forma mais clássica e básica de jogos de mesa. Os board games nada mais são do que aqueles jogos que todo mundo jogou quando era criança ou durante a juventude com a familia toda. Xadrez, Damas, Ludo, Gamão, Cara a Cara, War, Perfil, Talento, Quest e todos esses outros jogos que são vendidos em lojas convencionais.

RPG (Role-playing game) ou Jogo de Interpretação de Personagens: Estilo de jogo em que seguindo um sistema de regras vários jogadores se reunem em volta de uma mesa, onde um deles assume o papel de mestre (ou narrador) que nada mais é do que um jogador especial que conta a história. Nesse jogo, que não possui vencedor ou perdedor, os jogadores criam personagens (seguindo as regras) e os interpretam em uma história que vai sendo contada pelo mestre.

O grande “tchan” do jogo é que os outros jogadores estão livres para mudar o rumo da história do jeito que bem entenderem (respeitando os limites das regras). Ao contrário do que já foi divulgado pela mídia, o RPG não é um culto ou uma Seita, ele é apenas um jogo como qualquer um dos outros citados acima com o incremento de que cada jogador tem que usar sua imaginação e sua capacidade de interpretação para descrever as ações de seu personagem.

Contato fisico é sempre proibido em jogos de RPG a não ser que a intenção seja mútua, ou seja, apertos de mão ou encenações em que ambos estejam de acordo podem acontecer, socos ou qualquer outro contato fisico violento NÃO. O jogo é um dos que mais incentiva a interação entre pessoas e o que tem a comunidade mais fervorosa, normalmente em uma coinvenção ou encontro de RPG é só as pessoas sentarem na mesa e começarem a jogar para se transformarem em amigos de infância.

O RPG é usado em algumas escolas como forma de ensino e até em alguns cursos de teatro para o começo das interpretações. São exemplos de sistemas de RPG Dungeons & Dragons, Vampiro a Máscara, Lobisomen o Apocalipse, Trevas, Defensores de Tóquio 3ª Edição (3D&T) e Mundo das Trevas.

Essa foi apenas uma pequena introdução de cada tipo de jogo. Com o tempo, pretendo abordar jogos em si, além de muitos aspectos do RPG. Se tiverem sugestões, reclamações ou qualquer tipo de comentários não deixe de comentar. E não esqueçam, se quiserem nos enviar um e-mail, fiquem à vontade: action.nerds@gmail.com

Drugue está precisando de mais gente pro grupo de RPG dele. Interessados favor entrar em contato.

Anúncios