Have at you!

Todo mundo pensa que a idade da pedra foi uma grande chatice, que não havia nada para se fazer, a não ser caçar, cultivar o campo assim que se aprendesse a fazer isso e, principalmente, passar o tempo e se comunicar com outras pessoas. É, pensando assim realmente parece um tédio, mas vamos colocar da seguinte forma: ‘E se os homens das cavernas fossem completamente malucos e tivessem criado um sistema de comunicação baseado em poucas palavras complexas? E se você e seus amigos fossem esses homens das cavernas e só pudessem usar uma ou duas palavras pra se expressar? Como você diria para um amigo que tem um dinossauro atrás da segunda pedra depois do rio, se você só soubesse falar pontuda?’

Esse é o ponto de partida de um excelente mini-RPG: Terra de Og, que coloca os jogadores na pele de homens das cavernas completamente pirados, que possuem apenas uma ou duas palavras as quais conhecem verdadeiramente o significado. Nesse jogo, o sistema nem é tão importante, tanto que ele possui habilidades absurdas como “% de esquecer coisas” – afinal de contas – sua mente limitada de homem das cavernas pode ser sobrecarregada e você por exemplo pode esquecer como correr bem quando um tigre dentes-de-sabre está atrás de você. Ou ainda “% de fazer algo acontecer” que é quando o homem das cavernas executa sua mágica para colocar as estrelas em um alinhamento que faça um coco cair na cabeça do Tigre do exemplo anterior. O importante aqui, não são essas habilidades, o importante é a interpretação e é ai que entra o sistema de palavras.

O livro lhe dá uma pequena lista com 18 palavras e são elas as únicas que os jogadores poderão usar, até mesmo o mestre (que não está limitado a essa lista) deve tentar descrever tudo utilizando a lista. Para deixar tudo mais interessante cada homem das cavernas começa sabendo apenas uma palavra aleatória da lista (menos o esperto que começa sabendo duas) e tem que se virar para se comunicar utilizando apenas essa palavra, ele apenas irá aprender outras palavras com seus companheiros ou quando sobe de nível (assim ganhando mais uma palavra aleatória. A lista de palavras contem palavras como ir, você, água, pedra e até mesmo verossimilhança (é isso mesmo VEROSSIMILHANÇA).

Terra de Og é um RPG simples, feito para quem procura uma diversão descompromissada para um fim de semana chuvoso. O livro é barato, costuma custar apenas R$ 5,00 e tem apenas 52 páginas de pura diversão na idade da pedra. Pra quem deseja sair do convencional e experimentar algo totalmente novo a pedida sem duvidas é essa.

Vamos lá povo RPGista! Dêem suas opiniões para as próximas colunas. Quero saber o que vocês estão interessados em conhecer. Essa coluna é feita para vocês. Sem vocês, ela perde totalmente o sentido!

Drugue sempre quis entender como se fazer entender falando apenas VEROSSIMILHANÇA.

  • Clique aqui e compre o livro na Loja Devir