Howdy!

Quando eu tinha meus 7 anos de idade, no já longínquo ano de 1995, achei no meio das coisas do meu pai um álbum de figurinhas sem capa, surrado e na pior das hipóteses: antigo pra c***lho. Era um álbum dos personagens da Marvel. Com este álbum tive meu primeiríssimo contato com as figuras do Hulk, Thor, Capitão América, Homem de Ferro, Homem Aranha, Quarteto Fantástico, Pantera Negra, Dr. Estranho, até mesmo vilões como o Mandarim, Loki, Dr. Destino e Dr. Octopus.

Foi um brinquedo do Capitão América que fez meus pais perceberem que eu teria que usar óculos de grau grande; no dia em que eu cheguei pra eles e disse que eu não estava conseguindo ver o A da máscara do Capitão. Quando criança nunca sonhei em ser o Homem Aranha ou o Superman, mas sim o Hulk, pra poder dar umas porradas nos bullies que me roubavam lanche no primeiro ano de pré-escola (é, já passei por isso infelizmente). O Thor me fez me interessar por mitologias e o Homem de Ferro me chamou à atenção pela ideia de como um homem frágil poderia se tornar um super herói.

Quando que eu iria imaginar que quase uma década e meia depois, eu estaria dizendo que daqui a dois anos teremos um filme dos Vingadores feito da melhor forma possível? Acompanhei o painel da Marvel Studios na Comic-Con de 2010 pelo liveblog que o Judão fez no sábado. A cada mensagem era uma sensação diferente: a descrição da cena do Capitão América, o primeiro trailer do Thor sendo exibido pela primeira vez. Foi como se as paixões da minha quase solitária infância se tornassem realidade. E se tornaram naquele sábado.

A foto que os atores do futuro filme dos Vingadores estão juntos é um sinal de que tinham outros por aí, que também cresceram com esses heróis, que também os levavam a sério, assim como eu. O mundo se curvou ante os heróis da Marvel. Grandes portais de internet e até mesmo sites de fofocas de celebridades ilustraram a foto dos Vingadores como matéria principal no domingo seguinte.

O diretor Joss Whedon tem um trabalho digno de Hércules pela frente: tornar a união desses heróis coesa, palpável ao público e principalmente, crível. Mesmo com o baita #FAIL que foi chutar Edward Norton do filme (Porra, Kevin Feige!!), Mark Ruffalo é igualmente competente e foi uma ótima adição ao elenco. Robert Downey Jr., Samuel L. Jackson e Scarlett Johansson dispensam comentários e Chris Hemsworth impõe presença na foto, não sendo difícil acreditar que ele é Thor agora. Chris Evans NÃO irá nos decepcionar e será um Capitão América digno do nome. Jeremy Renner veio de Guerra ao Terror pra se tornar um Vingador, e pelo que eu li sobre aquele filme (é eu ainda não vi Guerra ao Terror), ele vai chutar bundas nos Vingadores. E Clark Gregg é uma figura carismática como o agente da SHIELD que está sempre presente e profissional nos filmes do Homem de Ferro.

Vingadores será o filme que colocará a prova tudo o que sabemos sobre super heróis fantásticos. Ainda temos mais dois filmes pela frente (Thor e Capitão América – O Primeiro Vingador), então ainda ganhamos mais tempo pra conhecer os personagens. Mas fico feliz da vida em saber que minhas aventurinhas de tarde afora com meus bonequinhos de super heróis agora vão pra telona.

PS: Leo Luz faz de suas palavras tudo o que o Gu disse.

GuValente acha que já tá na hora desse povo que acha que super herói é coisa de criança pensar duas vezes.