Nos últimos dias de 2010, Kell e eu aproveitamos a folga no trabalho para curtir um pouco o cinema daqui de Jundiaí. O grande problema foi que não havia sequer um filme da safra fantasia legendado, logo não assistimos Harry Potter, nem Crônicas de Nárnia e nem Tron, o Legado, exatamente porque a dublagem não iria nos agradar. Pois bem, o único – e solitário – filme legendado que havia na hora era 72 Horas, e agradeço desde já que fomos assistir esse suspense de tirar o fôlego, literalmente.

Continue lendo

Anúncios