Tag Archive: Homem de Ferro 2


[review] Homem de Ferro 2

“Oh, is good to be back!”

Como um belo anfitrião de festa, Tony Stark chegou atrasado à coluna do Action Nerds sobre seu próprio filme. Talvez nós conseguimos um encaixe rápido, ou talvez a grande procura me fez escrever sobre um dos melhores filmes de super-herói do mundo, até mesmo de Batman – The Dark Knight. Homem de Ferro foi o primeiro filme que a Marvel colocou os dois pés no chão e disse: ‘precisamos fazer disso, algo inacreditável’, e em 2008, lançou o filme que melhor se encaixa no termo adaptação de quadrinhos após derrotas como Homem Aranha 3, Demolidor, Elektra, etc. Mas um filme só não conta história e um segundo deveria ser feito para dizer ao cinema que com pessoas certas se faz filmes certos.

Robert Downey Jr. – de pessoa esquecida para galã de filmes, Robert teve a carreira jogada numa lata de ferro e abraçou com prazer o primeiro filme. Neste segundo, ele incorpora um personagem mais arrogante e cheio de si, que se vê perdendo a vida para um projeto instalado no seu peito. Para os fãs das HQs, essa fase do herói é chamada “Demônio na Garrafa”, onde Tony se entrega ao alcoolismo e perde todo o sentido de viver pela companhia de seu pai, e decide fazer dele mesmo sua própria lei, até o combate pré-final do filme.

Gwyneth Paltrow – o coração que falta no ‘Latinha’ vem da atriz, sendo um braço direito, esquerdo e a cabeça pensante das Indústrias Stark. Sem ela, Tony já teria perdido tudo e por causa dela, Tony volta a si, eliminando o “Dêmonio” dentro dele. Com um destaque maior no segundo filme, Gwyneth transforma Pepper Pots, a garota indefesa  – exemplo da Mary Jane, em Homem Aranha – em uma mulher decidida e com iniciativa em prol do filme. É ela que está dentro do carro na primeira batalha do filme, mas em nenhum momento é para ser salva. Ela está se arriscando ali para salvar o chefe, e Tony sabe disso.

Don Cheadle – no primeiro filme, Terrence Howard fez um ótimo comandante James Rhodes, mas posso dizer que ele não faria um ótimo Máquina de Combate. A troca de elenco seguiu de rumores e encontraram Don Cheadle no meio do tiroteio, colocando-o numa fria maior ainda: ‘como superar o ator e ainda disputar com o Homem de Ferro uma chance na tela?’. Respondo rápido: com um poder destrutível igual, um míssel e uma metralhadora nos ombros.

Mickey Rourke – com grandes heróis vem grandes vilões e este não é diferente. Whiplash é a persona do mal, do ‘corra por sua vida’, da risada maléfica do trailer, do olhar destruidor e de chicotes elétricos que destroem armaduras. Mas que, em minha opinião, foi pouco explorado dentro do filme com cenas curtas, poucos diálogos e pouca ação. Para um vencedor de Globo de Ouro, eu esperava um destaque a mais.

Elenco – faço uma menção honrosa para Scarlett Johansson como Natasha Romanoff – a Viúva Negra, Sam Rockwell no papel de Justin Hammer – inimigo público de Tony Stark, Samuel Jackson e seu Nick Fury/SHIELD, além do próprio Jon Favreau nas cenas de comédia.

Por fim eu digo, Homem de Ferro vale cada centavo gasto na produção, assim como a Marvel está de parabéns por colocar um filme de qualidade, história e elenco acima da média para nós vermos. Esperei muito para ver filmes desse nível nos cinemas e fico em êxtase só de pensar que virão: Thor, em 2011, Capitão América e Os Vingadores, em 2012 e Homem de Ferro 3, em 2013.

NOTA: 10 + 4 (créditos finais)

Leo Luz duvida que a Marvel fará um filme do Homem Formiga.

Anúncios

No ano que vem… e no outro também.

Homem de Ferro 2 está vindo aí para sabermos se a Marvel vai saber lidar com o monstro cinematográfico que criou. E este filme será apenas uma amostra, já que será apenas em 2011 que iremos conhecer os outros heróis que vão fazer parte desta equipe: Thor e Capitão América.

O filme baseado no deus nórdico de mesmo nome promete vir pra fazer história no cinema de super heróis devido aos talentos envolvidos. Na maioria, atores premiados e de renome internacional. Só pra citar alguns exemplos teremos no filme de Thor: Sir Anthony Hopkins como Odin; Stellan Skarsgard; Natalie Portman como Jane Foster; René Russo como Frigga, mulher de Odin; Idris Elba como Heimdall e Ray Stevenson como o alívio cômico Volstagg.

O diretor é Kenneth Branagh, que sem dúvida, é o cineasta perfeito para lidar com o material pomposo de Thor. Os gibis são cheios de cenários espetaculares e falas como “Ó vós que atacais meu reino, sente a ira de Thor, o vosso deus do Trovão”, e os filmes anteriores de Branagh também são repletos de cenários suntuosos e falas cheias de pompa e palavras bonitas. Branagh é um cineasta/ator shakesperiano e trará muito charme ao filme de Thor, que promete ser um filme de super herói um pouco diferente do que costumamos ver por aí, se Odin quiser é claro!

Os protagonistas são Tom Hiddleston como o vilão Loki, e Chris Hemsworth como Thor. Hemsworth interpretou o pai do capitão James T. Kirk no recente Star Trek. Talento ele tem, mas a Marvel precisa divulgar logo uma foto dele caracterizado como Thor para termos certeza. Boatos dão conta que ele aparecerá em Homem de Ferro 2. Thor vai estrear em 6 de maio de 2011, no mesmo dia que o filme do líder dos Vingadores, o Capitão América em pessoa.

Agora um pouco sobre o filme do Capitão América, que sem dúvida já é o mais polêmico entre os fãs e cinéfilos. Já foi divulgado que o filme se passará durante a II Guerra Mundial, com prólogo e epílogo nos dias atuais, e se chamará “O Primeiro dos Vingadores: Capitão América”. Mas infelizmente, este é o único filme da Marvel Studios que pouca gente em Hollywood está levando a sério. O diretor escolhido para o filme é Joe Johnston, que recentemente fracassou com seu filme O Lobisomem. O ator escolhido para viver o Capitão América foi Chris Evans, num processo de seleção bem longo que teve candidatos como Garrett Hedlund (Tróia e Tron Legacy), Mike Vogel (Cloverfield) e Channing Tatum (G.I. Joe – A Origem de Cobra). A escolha tem gerado imensa controvérsia entre os fãs. Até agora somente o site Ain’t It Cool News reagiu favoravelmente à escolha de Evans, pois o resto dos fãs e da comunidade nerd não gostou da escolha, ou simplesmente ficou indiferente ao filme do Capitão agora.

Eu digo para esperar e ver. Evans provou que agüenta segurar um papel sério em Sunshine – Alerta Solar. Está certo que o filme não era tudo aquilo, mas ele se destacou no filme. Será que conseguiremos vê-lo como o líder dos Vingadores e esquecermos dele como o Tocha Humana no cinema? Only time will tell mein freunde, e em 6 de maio de 2011 saberemos. Preparem a sessão dupla no cinema amigos! Ano que vem teremos overdose de super heróis no cinema!! The Avengers vai estrear em 4 de maio de 2012, se Odin quiser.

Eu lembro de uma época em que eu era bem pirralho, e depois de ter visto o primeiro filme do Superman na TV, imaginei como seria se cada super herói que eu gostasse tivesse um filme próprio. Bom, me parece que esta era chegou há muito tempo. E a criança dentro de mim se empolga com a mera possibilidade de um futuro onde veremos o Homem de Ferro, Hulk, Thor e Capitão América juntos no mesmo filme.

GuValente ainda acha que o The Tick deveria fazer parte dos Vingadores

Dois anos atrás…

A partir de 30 de abril, com a estreia nacional de Homem de Ferro 2, nós nerds saberemos se a Marvel Studios realmente fez o dever de casa ao levar seus heróis para o cinema, ou se os filmes de 2008 (Homem de Ferro e O Incrível Hulk) foram apenas um acerto sem querer. Mas é fato de que todas as notícias relacionadas à Marvel Studios são bem empolgantes, bem como o futuro lançamento de Os Vingadores, filme este que promete ser o registro definitivo de super heróis em ação.

Por ter criado um estúdio próprio, a Marvel conseguiu adaptar com fidelidade absurda todos os heróis que ficaram sob a batuta desta marca. – Os direitos cinematográficos de heróis como Homem-Aranha e os X-Men não fazem parte desta nova marca criada pela Marvel -. E é bem sabido que as adaptações do Aranha e dos mutantes são muito polêmicas entre os fãs. X-Men por ter encerrado sua trilogia de forma tão apressada e mal desenvolvida, além do caça-níqueis que foi X-Men Origens: Wolverine. E a série de filmes do Homem-Aranha…bom…Peter Parker com cabelo emo dançando James Brown na rua. I rest my case! =D

Quando Homem de Ferro foi lançado em 2008 (não acredito que já passou 2 anos! #oldfeelings) ninguém esperava que o filme fosse ser o sucesso que foi. Todos (eu incluso) esperavam uma diversão descompromissada e um filme razoável. Mas o que todos nós vimos foi um filme sólido, interessante, de ótimo visual, cenas memoráveis, e Robert Downey Jr. na sua melhor forma, finalmente ganhando o status de astro que sempre mereceu. O filme fez milhões nas bilheterias, acumulou inúmeras críticas positivas, e se não fosse Batman – O Cavaleiro das Trevas ter sido lançado dois meses depois, Homem de Ferro seria o herói do ano. Mas agora o ferroso está em todas! Cadernos, lancheiras, bonecos, o DVD, o Homem de Ferro chegou ao nível do estrelato de um jeito que nunca esteve desde sua criação.

Mas o que fez Homem de Ferro se distinguir de apenas um filme ótimo para um filme FODA, foi o finalzinho. Quando Samuel L. Jackson se apresenta a Tony Stark como o diretor da S.H.I.E.L.D., os fãs tremeram na poltrona. E quando ele diz que quer conversar sobre o tal “projeto Vingadores”, percebemos ali mesmo que a Marvel Studios não estava de brincadeira.

Pouco depois tivemos O Incrível Hulk nos cinemas, que foi uma tentativa de nos fazer esquecer da bobagem de Ang Lee em 2003. Apesar de não ter tido o mesmo sucesso do Homem de Ferro, este novo Hulk ganhou sua plateia e com Edward Norton protagonizando e escrevendo o filme (embora não tenha sido creditado), o filme conquistou muitos fãs e garantiu seu lugar ao sol.

O finalzinho, com Tony Stark conversando com o Gen. Ross sobre uma certa “equipe” não deixou dúvidas sobre a unificação do Universo Marvel nos cinemas, como se fosse uma grande saga, só que dessa vez a acompanharíamos nas telas do cinema, e não nas bancas.

Nota: Que venha a segunda parte na próxima semana. Avante!!