Category: Games


Game News [31/01 a 06/02]

Olá pessoas, tudo bom?

Esta semana foi um pouco lenta para as novidades de games e plataformas, porém tivemos algumas surpresas anunciadas pela Sony/PlayStation, os clássicos números da Microsoft, a irritação dos pássaros chega aos cinemas também e, por fim, um trailer aéreo. Espero que semana que vem melhore, senão ficamos devendo no Game News!

Continue lendo

Anúncios

Game News [24/01 a 30/01] – Especial NGP

Olá amigos! Tudo certo?
Como foram de final de semana?

Estão prontos para começar mais um Game News? Que tal fazer algo um pouco diferente? Já que semana retrasada, vocês sabem que o mundo inteiro estava focado em um só ‘ideal’: o 3DS. Por mim, nada mais justo que fazer um especial bacana sobre o console da semana passada: o NGP.

Claro que como uma boa Sonysta que sou, não poderia deixar de dar créditos à Sony por esse trabalho excelente. E já que eu não estou mais com tanto tempo para acompanhar notícias, fiquei realmente surpresa com o portátil. E cá entre nós, eu AMEI! =) Agora vamos as novidades, que rufem os tambores! Continue lendo

Game News [17/01 a 23/01]

Salve salve!!

Eu juro que tentei me controlar, mas qualquer lugar que fossemos buscar informações sobre jogos, a Nintendo dominava com a sua demonstração de novos jogos e do portátil do momento: o 3DS. Então nada mais justo que começar o post de hoje, falando – em resumo – das melhores notícias dele e claro, entre outras quase do mesmo nível. Teremos novidades também no PlayStation 3, jogos como Gran Turismo 5, além de contas no Steam e claro, sem nada de Xbox 360.

Continue lendo

Game News [10/01 a 16/01]

Salve salve amigos terráqueos!

Mais uma missão para o Action Nerds (acompanham o Twitter?) de hoje é divulgar Nintendo, PlayStation, Xbox 360, Steam e E3 na mesma manchete. Tratar de games é até fácil comparado ao mundo de informação banal que existe, mas unir útil e agradar à todos é uma questão de honra por aqui. Sem mais delongas, vamos para o Game News desta segunda-feira, lembrando que esta semana ainda teremos no AN: Review de cinema, mais uma Tirinha versão 2011 e Quadrinhos para terminar!

Continue lendo

Game News [03/01 a 09/01]

Salve salve pessoas!

Mais um ano que vida e de alegria para todos nós! E como vocês já puderam perceber o Action Nerds está de cara nova! Não é o tão prometido site que nós nos cobramos há um bom tempo, porém vocês merecem um visual novo para começar. E com uma rápida explicação: as categorias estão agora no topo, facilitando o acesso para um tema específico – Games por exemplo -. Na coluna da direita, temos os parceiros, tanto em link quanto em banner, nosso Feed e por último os tweets recentes do AN (@ActionNerds) – cliquem e acompanhem no Twitter também. Agora chega de papo e vamos para o Game News de hoje. See’ya!

Continue lendo

WarZone [BoardGame] Monopoly Brasil

Esse post era para ter saído logo após o Dia das Crianças, mas como o Action Nerds estava promovendo uma verdadeira maratona com o Livro do Jogador 2, da Devir (aqui), não ficaria justo interromper o WarZone de RPG para falar sobre o melhor BoardGame – ou jogo de tabuleiro – do mundo, quiçá do universo. Mas vamos à saga do jogo.

No mês de agosto (aqui), nós do AN e a Hasbro Brasil montamos uma parceria e premiamos um felizardo com produtos da empresa: o vencedor do Concurso Cultural levou o jogo Risk para casa, além de um squeeze personalizado. Depois disso, perto do Dia das Crianças, a sede do AN recebeu, na surpresa, os jogos Monopoly Brasil e Monopoly City para brincar e se divertir com os amigos. E dito e feito, reunimos um pessoal em casa e ficamos TRÊS horas jogando Monopoly Brasil. Tudo isso para começarmos esta review.

Minha infância foi bem divertida, dado que muito jogos de tabuleiro estavam em grande fase nos anos 90, e pude acompanhar de perto desafios e brincadeiras que hoje, vejo estar ‘fora de moda’. Porém, os jovens de 20, 25 anos, de hoje ainda se reunem e compartilham dessas brincadeiras, agora de forma mais séria e desafiadora. Não lembrava muito bem como funcionava regras e conceitos do jogo, mas com os amigos e o manual ajudando tudo ficou claro na mesa. Dinheiro distribuido, peças escolhidas e prontas: vamos aos dados.

Monopoly Brasil tem as mesmas regras do original e as diferenças – claro – são as localizações no tabuleiro, como Fernando de Noronha, Elevador Lacerda, Ópera de Arame, Maracanã, entre vários outros, assim como aeroportos e taxas monetárias. Seu objetivo? Comprar os lotes do tabuleiro da mesma cor e criar seu império dentro daquilo: casas, alugueis e hotéis, e fazer com que seus adversários percam dinheiro e entrem em falência. Até aqui está tranquilo, porque o jogo apenas começou, você quer comprar tudo o que vê pela frente e, às vezes, se perde com tanta carta de posse, mas começa a ficar interessante quando você está de olho na posse do adversário e quer comprá-la.

Não importa o que faça, venda ou troque posse, você vai precisar de muita lábia – e dinheiro – para conseguir uma ‘troca de favores’ e ganhar o jogo. Claro que nessa de arriscar tudo, hipotecar casas e convencer as pessoas a comprarem lotes, a equipe do Action Nerds ficou três horas na mesa, jogando o que tinha direito. Das 4 pessoas presentes, eu fui o segundo a desistir e decretar falência, já que não tinha como vender meus lotes e pagar a dívida ao banco e a Kell teve uma disputa acirrada e, no final, acabou levando a melhor, fazendo nosso amigo ir a falência em 5 minutos, vencendo o jogo.

Se formos pensar somente na diversão, Monopoly Brasil ganha um destaque incrível, conseguindo prender o jogador até o limite do erro. De seu próprio erro. No meu caso, eu fiquei igual um louco no começo do jogo e não pensei muito nas consequencias futuras, comprando tudo o que via, mas consegui me manter por um bom tempo já que Monopoly é também um jogo de estratégia. Um movimento a mais, você fica sem dinheiro, ou sem posse para negociar e, está aí, o desafio do jogo. Monopoly Brasil de cara parece muito simples, mas precisa de muita calma e pensamento focado na estratégia para vencer. Imagino quando formos jogar a outra caixa guardada, quase semelhante, onde esse império é montar uma cidade fictícia.

Querem diversão garantida, pensamentos rápidos e uma reunião de amigos na sua casa, num sábado à noite sem nada na televisão? Monopoly Brasil e Monopoly City são as opçõs certas para isso. Claro que esse último ainda precisa ser desvendado. Nota máxima para a Hasbro e à esse produto incrível.

Leo Luz agora sabe que não se pode vender todos os aeroportos.

Confira mais fotos da jogatina:

[Review] Máfia 2

Às vezes, eu fico pensando em como era as décadas passadas, fico imaginando como eram as roupas, os carros, as músicas, os costumes. Mas algo a mais me atrai àqueles anos incríveis: a máfia. Como ela era oculta e ao mesmo tempo tão aberta, todos sabiam da sua existência, mas ninguém conseguia provar nada, pelo menos, dos grandes nomes envolvidos. E isso é algo que além de Boardwalk Empire (nova mini-série da HBO), somente o jogo Máfia II conseguiu me trazer a tona.

A história é contada entre o início das décadas de 40 e de 50, com a vinda do garoto italiano Vito Scaletta e sua família, para tentar uma nova vida em Empire Bay (inspirada na atual Nova York), enquanto a guerra pairava na Itália. Na escola, Vito conhece Joe Barbaro, seu melhor amigo e companheiro em todas as horas na aventura. Desde sempre, a família de Vito sempre fora muito pobre e seu pai, um grande trabalhador do porto, conseguia alguns trocados para a janta. Na adolescência, Vito é obrigado a correr atrás de dinheiro para ajudar sua família e, o melhor jeito, foi começar a roubar com Joe, o que ocasionou em sua primeira prisão e sua ida à guerra na Europa.

Quando volta para Empire Bay, Vito encontra sua mãe lutando pela sobrevivência das dívidas que seu marido a deixou e sua irmã Francesca implorando ajuda para uma vida melhor. É nesse momento que as coisas começam a tomar um rumo bem diferente. Com a ajuda de Joe, Vito conhece alguns ‘contatos’, e começa sua corrida para conseguir um espaço na grande guerra da máfia que ocorre por debaixo dos panos, e sua luta, para ter a vida que sempre sonhou.

Pode ser a história clichê de sempre, mas não é. O roteiro bem entrelaçado é o que mais me chamou a atenção nesse grande lançamento. As falas de época, juntamente com os palavrões que só mafiosos dizem, fazem parte de um conjunto que daria um filme perfeito. Ou não. Os gráficos a lá Assassin’s Creed não beiram a perfeição, mas os CG’s são coisas lindas de se ver, principalmente por causa da movimentação de gestos, que deixa tudo muito mais real. Dá para perceber quando algum personagem está triste, raivoso, contente… muito bacana! Uma coisa a se reclamar, infelizmente é jogabilidade, que ficou muito a desejar. Jogando no modo ‘Normal, tive a impressão de jogar no modo ‘Very Easy. A inteligência artificial dos inimigos chega a ser lamentável. Sempre a mesma coisa, chegando a cansar em algumas horas. Sem contar que, além das missões pra fazer, a única coisa a mais que você poderá fazer, é colecionar Playboys.

Apesar desse grande mal de Máfia II, a desenvolvedora 2K não desapontou no termo ‘realismo’: você voa pela janela quando bate o carro em alta velocidade, perdendo vida ou morrendo; quando com pouco sangue, sua visão embaça deixando tudo preto e branco; menções honrosas aos grandes astros do rock/pop/clássico como Elvis Presley e Chuck Berry nas rádios do carro; roupas, lugares, tudo muito bem parecido com o que o nosso ‘mundo’ foi.

No final das contas, vale muito à pena perder 10 horas da sua vida nesse game (sim, o jogo é curtíssimo e isso é algo que me chateou muito!). Nota 8 para o jogo e tiro 1 ponto pela duração e 1 ponto pela falta de exploração na cidade para fazer outras coisas além da missão. Porém, se você curte um bom roteiro, cheio de palavrões, alguma pornografia sem censura e guerra de mafiosos… fellas… Você está no lugar certo em Máfia II.

Kell tem vontade de fazer parte de uma máfia, mas ela já tem tudo o que precisa… =)

Depois de duas longas semanas, hibernando em uma caverna, fazendo fogueira e caçando gravetos, nossa guild resolveu se aventurar pelo mundo de D&D novamente – que antes foi abordado no Livro do Jogador (aqui), sobre as raças (aqui) e nas classes (aqui). Na última parte sobre as Classes de Personagem, vamos contar sobre os aspectos de 4 perfis que preferem magias às lutas corpo a corpo, mas é claro que sempre tem um truque ou outro na cota de malha! Que rolem os dados!

Guardião – o poder vindo diretamente da Mãe Terra passa constantemente pelo seu corpo resistente e será mais fácil você mover uma montanha do que convencer um Guardião a deixar seu posto de protetor da natureza – mesmo em longas viagens, ele sempre irá defender tais princípios. Guardião estará sempre atento aos chamados da terra, utilizando sua força e sua constituição, se tornando uma barreira contra espíritos malignos. Guardião também pode invocar a Força Primitiva e usar suas qualidades para tornar a forma que desejar, seja ela de proteção ou atacando sem piedade. Os ataques do Guardião são focados no combate corpo a corpo, mas quando necessário, ele manipula os poderes da terra.

Característica de classe: todo guardião tem uma ligação direta com a terra e extrai dela sua fonte de poder, assim a Cólera da Natureza é a forma como o personagem marca seus inimigos. Para uma boa proteção natural, a Fonte da Vida é a chave para resistência corporal e o Poder do Guardião aprimora seus combates com as habilidades: Força Térrea e Sangue Selvagem.

Invocador – nos primórdios, quando os deuses astrais lutaram contra o Caos Elemental, a ajuda divina veio por meio dos Invocadores, com seu poder e sua fé tão grandes quando o fogo que queima os inimigos! Dizem que os Invocadores não aprendem seus poderes da forma tradicional, mas como se o próprio Deus intercedesse em sua vida lhe dando a oportunidade necessária. Invocadores não se utilizam de símbolos sagrados, apenas de seus cajados e bastões para punir quem pratica as artes malignas, interferindo com justiça no mundo, assim como foi predestinado. Por ter uma ‘descendência‘ religiosa, o Invocador não se contêm em meros detalhes, mas profere palavras de criação e molde, de acordo com a vontade de seu deus.

Característica de classe: seus talentos divinos possuem a habilidade de Canalizar Divindade (expulsar mortos-vivos), assim como Conjuração Ritual por um livro específico. Ter um Contrato Divino é se submeter a testes de acesso com os deuses para utilizar seus poderes e seus segredos eternos, como o Contrato da Cólera (perseguir e destruir inimigos) e o Contrato da Preservação (defender os fieis e destruir inimigos).

Vingador – enquanto temos no Invocador, uma figura de fidelidade aos deuses de uma forma justa, e devastadora, encontramos no Vingador, a própria figura devastadora dos deuses, como se a servidão dele tivesse o único propósito de exterminar o mal – ou as práticas contra sua religião. A arma do Vingador, ou seu símbolo sagrado, é a lâmina destruidora de seu Deus, dada a ele como uma ferramenta secreta, ganha sacrificialmente por meio de uma iniciação e rituais. Se o Vingador seguir um Deus bondoso, ele lhe será bondoso, se for um Deus leal e neutro, assim lhe é seu servo, cabe ao personagem decidir sua origem, assim como cabe a ele também se dedicar a sua ordem religiosa.

Característica de classe: corpo a corpo é sua principal vontade, então é preciso de uma Armadura de Fé para se proteger. A tendência de Canalizar Divindade (abjurar mortos-vivos e orientação divina) é um poder recebido pelo Vingador. Sua troca de ‘favores’ com o Deus escolhido cria a Jura de Inimizade (o poder divino pela aniquilação) e seu treinamento para isso busca a Censura do Vingador, onde seu único propósito é destruir os inimigos, seja pela Perseguição ou pela Retribuição.

Xamã – os espíritos primitivos sempre estão a sua volta, cercando-os, guiando e principalmente ajudando-os nas batalhas de sobrevivência. O responsável por comandar cada manifestação desse poder natural é o Xamã, líder de combate que fortalece os ataques de aliados e oferece proteção e cura. Defensor das vozes da natureza, o Xamã convoca quando necessário os espíritos para a luta e seu próprio triunfo, com ataques corpo a corpo – realizados pelo companheiro espiritual – e de longa distância, invocando primitivos. A aparência do espírito primitivo varia muito da escolha do Xamã. Se seu desejo for personificar um dragonete da fúria, assim o espírito lhe irá parecer, ou se o Xamã venera o basilisco, seu espírito também assumirá a forma.

Característica de classe: para estar ligado intimamente aos espíritos naturais, o Xamã pode se concentrar e identificar à sua volta para Falar com Espíritos, buscando um auxílio no caminho. Claro que a principal habilidade é Convocar Companheiro Espiritual durante a aventura, seja ele um Espírito Perseguidor (como uma pantera) ou um Espírito Protetor (na forma de um urso). Além do Espírito de Cura que concede resistência adicional.

Equipe Action Nerds termina a aventura com um pensamento: quando será a próxima?!

Game News [01/11 a 07/11]

“GoldenEye 007” é o novo sucesso do Wii

Clássicos são feitos para durar eternamente, estejam eles em qualquer console, mas todo mundo que jogou James Bond para o Nintendo 64, sabe que ele foi um marco para a época. Pense comigo: “porque não relançá-lo nos tempos atuais, com uma boa modificada (sai Pierce Brosnan, entra Daniel Craig) e lançamos para o nosso melhor console atual: Wii?” Pronto! Está feita a grande sacada do ano da Big N.

Durante uma reunião com investidores, Eric Hirshberg, diretor executivo da Activision, revelou que, em dois dias de comercialização, o game estrelado pelo agente britânico já ultrapassou a versão para Wii de Call of Duty: Modern Warfare, porém nenhum número ($) foi divulgado. GoldenEye 007 para Wii tem modos multiplayer online e local, com a famosa tela dividida para até quatro pessoas. Além disso, estão presentes oito clássicos personagens da série e 16 modalidades de jogo, incluindo Paintball e You Only Live Twice.

EA abre inscrições para teste de “Darkspore”

Os portões para o mundo de Spore estão prestes a se abrir novamente (ainda não existe uma data específica), pois a Electronic Arts iniciou o período de inscrições para o teste de Darkspore, RPG de ação que utiliza o criador de monstros do game original. Para participar do teste, basta acessar o site oficial do jogo e preencher a ficha que está na página inicial. Em Darkspore, os jogadores devem recrutar bichos para construir um exército, com a missão de invadir “planetas infectados” e lutar contras as forças de Darkspore. O game está em desenvolvimento para PC e Mac e deve chegar às lojas em fevereiro de 2011.

TVs sendo quebradas. Idiotas. Kinect

Imagine que você está na sua sala, prestando bastante atenção na televisão, se divertindo com o Kinect Sports. Sim, sua televisão tem mais de 32 polegadas e sua definição de esportes é ficar ali curtindo um vôlei, sem problemas, sem controle. Certo? QUASE! A maldição de televisões quebradas por culpa dos videogames voltou. O que antes acontecia com frequencia no Wii – controle sendo arremessado em direção à TV – hoje, a culpa é do Kinect.

Tudo porque um americano (idiota) estava jogando Kinect Sports Volleyball à 1h30 da madrugada embaixo de um ventilador de teto – desses que você usar um puxador para ligá-lo. Ele queria dar o melhor no jogo e pulou para cortar a bola. Resultado: ele bateu no puxador, que voou para a TV, que a quebrou! E o americano ainda tem coragem de escrever isso no póprio blog. Parabéns! ¬¬’

Bon Jovi chega no próximo pacote de Rock Band

Aos fãs de Bon Jovi que reclamam que não há muitas músicas do grupo em Rock Band, podem agora comemorar! O novo pacote, chamado de Bon Jovi Greatest Hits: Rock Band Edition, traz 12 músicas clássicas da banda para download na rede digital do jogo e estará à venda a partir do dia 9 de novembro nas três lojas online dos consoles.

As músicas já lançadas na rede contam com as novas opções Pro Keys (ou padrão), Pro Drums e Harmonies, presentes em Rock Band 3, podem ser atualizadas com as opções Pro Guitar e Pro Bass (jogador faz as notas da mesma forma que num instrumento real). O pacote Bon Jovi’s Greatest Hits: Rock Band Edition com as 12 músicas incluídas custa US$ 19,99, para as três plataformas. Confira:
. “Bad Medicine”
. “Blaze of Glory”
. “Have a Nice Day”
. “I’ll Be There For You”
. “It’s My Life”
. “Lay Your Hands On Me”
. “Livin’ on a Prayer”
. “Runaway”
. “Wanted Dead or Alive”
. “We Weren’t Born to Follow”
. “Who Says You Can’t Go Home”
. “You Give Love a Bad Name”

Assassin’s Creed terá participação especial de MGS

O ninja biônico de Metal Gear Solid, Raiden, estará disponível como uma das “roupas de personagens” no próximo jogo da série Assassin’s Creed: Brotherhood, terceiro jogo canônico da série de aventura da Ubisoft e sucesso de vendas. Assim como a utilização de Altair, personagem principal do primeiro AC, a presença de Raiden em Brotherhood confirma mais uma vez a colaboração entre a Konami e a Ubisoft para realizar o encontro entre seus personagens. De acordo com uma fonte da área de games, a roupa de Raiden será desbloqueada após o jogador completar todos os desafios no novo treino virtual do computador Animus, podendo ser utilizada durante o próprio jogo.

Notas:

– Ainda sem data de lançamento definida, “Gran Turismo 5” está pronto (junto com Duke Nuken e Diablo III.. xD~)

– Games miram público infantil neste Natal (OH really?!?! HELLOOO!!! ¬¬’)

– Level Up! abre inscrições para o teste fechado de “Allods Online” (alguém ainda joga via Level Up!?)

– PSP 2 será tão poderoso quanto Xbox 360, diz site (o PSP Go era apenas para aquecer mercado…)

Game News [18/10 a 24/10]

Olá pessoas! Depois de uma semana muito agitada e com direito a muitas novidades na BlizzCon2010, vamos a mais um Game News, feito pra você, aquele nerd preguiçoso, que joga o dia inteiro e não tem saco pra ver notícias o tempo todo. Ou então, não tem tempo mesmo, como eu! Boa semana a todos! Abs.

17 movimentos para o Kinect

A Microsoft revelou a lista com os 17 títulos que serão lançados simultaneamente com o acessório de movimentos Kinect, previsto para o dia 4 de novembro nos Estados Unidos. O Kinect será vendido junto com um pacote com o Xbox 360 e o jogo “Kinect Adventures” pelo preço de US$ 299,99, ou apenas o acessório com o jogo pelo valor de US$ 149,99.

Confira a lista dos 17 jogos e seus valores abaixo:
. “Kinect Adventures” (incluso no Kinect) –
. “Kinectimals” – US$49,99 (edição especial US$59,99)
. “Game Party: In Motion” – US$39,99
. “Harry Potter and the Deathly Hallows Part 1 The Videogame” – US$49,99
. “Your Shape: Fitness Evolved” – US$49,99
. “Dance Central” – US$49,99
. “The Biggest Loser Ultimate Workout” – US$49,99
. “DanceMasters” – US$49,99
. “EA Sports Active 2” – US$99,99
. “Zumba Fitness” – US$49,99
. “Kinect Sports” – US$49,99
. “MotionSports” – US$49,99
. “Deca Sports Freedom” – preço a ser anunciado
. “Kinect Joy Ride” – US$49,99
. “Adrenalin Misfits” – US$49,99
. “Fighters Uncaged” – US$49,99
. “Sonic Free Rider” – US$49,99

Criador de Braid estará no SBGamesTell

Jonathan Blow, criador do cultuado Braid, game de aventura que envolve manipulação do tempo, será o principal palestrante do SBGames 2010, evento mais importante de pesquisa e desenvolvimento na área de jogos de computador e entretenimento digital da América Latina, que acontece entre 8 e 10 de novembro em Florianópolis (SC). Entre outros participantes figuram também Tarqüínio Teles, presidente da Hoplon Infotainment, do game online “Taikodom: Living Universe”, e também Bruno Matzdorf, da Sony. Confira no site a programação completa do evento: SBGames 2010

“De Volta para o Futuro”: blu-ray traz código para game

Segundo informações do site Joystiq, os jogadores que comprarem o pacote de Blu-ray com a trilogia dos filmes Back to the Future irão receber um código que permite baixar o primeiro episódio do adventure da Telltale gratuitamente. No pacote há uma URL para inserir o código 121GIGAWATTS e aproveitar o download. A empresa disse em nota oficial: “na URL do encarte, as pessoas poderão se inscrever para o episódio gratuito e receber notificação da Telltale Games, quando ele estiver disponível.”

Não se sabe ainda se essa promoção será limitada aos Estados Unidos ou estará disponível em outros territórios. O jogo baseado no filme clássico conta com a dublagem do ator Christopher Lloyd (doutor Emmet Brown), e além dele, outro nome é o de Bob Gale, roteirista da mesma trilogia,  que trabalha com a Telltale para escrever a história do jogo, prevista para ter cinco episódios. Os jogos devem ser lançados no verão de 2010 e o box com os três filmes chega às lojas em versão remasterizada no dia 26 de outubro, comemorando os 25 anos de lançamento do primeiro longa nos cinemas.

Diablo III: quinta classe é revelada

Como avisamos no começo do texto, acontece nos Estados Unidos a edição 2010 da BlizzCon – evento fechado da gigante Blizzard – que logo de cara, na primeira grande noite, apresentou para os fãs com exclusividade o painel sobre Diablo III. O alvoroço todo está sendo pela revelação da quinta e última classe: Demon Hunter, uma classe híbrida de demônios e humano, que pode manipular duas bestas ao mesmo tempo, com foco em ataques de longa distância. Além disso, a classe contará com armadilhas e Shadow Magic, algo parecido com a maneira da Assassina de Diablo II. Mas chega de blábláblá. Confira três (melhores) vídeos do Demon Hunter!

Apresentação

Bola Shot

Fan of Knives

Kell descobriu a segunda classe mais foda de Diablo, depois do Paladino.